Fale Conosco
:: Quarta-feira, 24 de Janeiro de 2018  
A A A





Valid XHTML 1.0 Strict  CSS válido!
Engenharia e Tecnologia Espaciais

Linhas de Pesquisa
Engenharia e Gerenciamento de Sistemas Espaciais

As atividades em Sistemas Espaciais no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) são desenvolvidas no âmbito da Engenharia Tecnologia Espacial (ETE) e visam, primariamente, a pesquisa e o desenvolvimento de engenharia e de sistemas de interesse para a área espacial. Além de atender às demandas da Instituição, em geral específicas de projetos e de Cursos sob a responsabilidade do INPE ou de transferência de tecnologia para o setor privado, a ETE tem como missão, também, a geração e a disseminação de resultados científicos inéditos em níveis nacional e internacional.

O setor espacial, pela característica única de suas aplicações, é responsável por parte significativa de novos desenvolvimentos na área de engenharia e de sistemas. Para que uma missão espacial seja bem sucedida é necessária a concepção, especificação, projeto, fabricação, integração e testes, verificação, operação, descarte, desenvolvimento, aperfeiçoamento, padronização de métodos e procedimentos que suportem todo o ciclo de vida da missão. Assim, reveste-se de importância para Programa Espacial Brasileiro a existência de um centro que acumule informações sobre Engenharia de Sistemas e Engenharia Espacial, desenvolva pesquisa na área, tanto teórica quanto experimental – principalmente no que se relaciona à suas técnicas e desenvolvimento – e que atue como um centro de disseminação de tais conhecimentos através da formação de recursos humanos. A ETE é um centro com estas características, com especialização na área de Sistemas Espaciais para engenharia e sistemas completos de aplicação espacial. A instituição de um curso regular de pós-graduação, em consonância com a presente proposta, virá aprimorar o papel exercido pela ETE na formação de recursos humanos para o INPE e para o País.

Para tanto, a ETE conta com um patrimônio físico e humano adequado à tarefa. Em termos de recursos humanos, a maior parte dos docentes envolvidos com a área de concentração proposta está vinculada ao INPE em regime de tempo integral, sendo que todos os docentes, pesquisadores e tecnologistas possuem a titulação de doutor, conforme detalhado na Seção 4.1. A ETE possui uma área construída, dotada de laboratórios e de equipamentos modernos que provém suporte às atividades em Engenharia e Sistemas Espaciais. Uma descrição detalhada da infra-estrutura existente é apresentada na Seção 7. Ao permitir a abordagem de um grande leque de temas de pesquisa científica e de desenvolvimento tecnológico, que transcendem aqueles que são especificamente objeto de investigação na ETE, essa infra-estrutura tem propiciado, e permanecerá estimulando, a interação com outras áreas do INPE, bem como com outras instituições públicas e privadas de ensino e de pesquisa e indústrias para o desenvolvimento, produção tecnológica e inovação da região e do país.

A de formação de recursos humanos em Engenharia e Gerenciamento de Sistemas Espaciais dentro do Curso de Pós-graduação em Engenharia e Tecnologia Espaciais, visa a formação de profissionais que poderão ser aproveitados pelo próprio INPE, por outras instituições de ensino e de pesquisa, e pela indústria envolvida com projetos de ponta, primariamente, do setor aeroespacial. Os tópicos das dissertações de mestrado e das teses de doutorado manter-se-ão, portanto, prioritariamente vinculados às linhas de pesquisa e de desenvolvimento tecnológico e aos projetos de interesse do INPE.



Concepção, Especificação, Arquitetura e Gerenciamento de Sistemas Espaciais:

Esta linha de pesquisa visa capacitar profissionais para conceber e especificar sistemas espaciais assegurando o cumprimento de seus objetivos de missão, bem como aperfeiçoar e padronizar os métodos e procedimentos próprios à Engenharia de Sistemas, buscando a autonomia tecnológica nacional no desenvolvimento de satélites de interesse do país. Esta linha de pesquisa visa: (a) Propor, conceber, analisar a viabilidade e especificar sistemas espaciais de forma a assegurar o cumprimento de seus objetivos de missões; (b) Aperfeiçoar e padronizar métodos e procedimentos próprios à engenharia de sistemas, estabelecendo metodologias para otimização das atividades de gerenciamento e execução de projetos de sistemas espaciais; (c) Aplicar a Engenharia de Requisitos e de Especificações no nível de sistema e de subsistema dos segmentos espacial e solo dos cursos em curso; (d) Elaborar estudos de análise de missão, de controle de órbita e atitude, de arquiteturas mecânica, térmica, elétrica e de telecomunicações e de verificação de sistemas espaciais, e concepção e definição de sistemas de solo, desde a fase de concepção até a operação em órbita e (e) Gerenciamento de projetos espaciais.


Sistemas de Bordo para Missões Espaciais:

Esta linha de pesquisa abrange tópicos relacionados à Eletrônica Aeroespacial e Software Embarcado realizando pesquisa e desenvolvimento de tecnologia em eletrônica e em engenharia de software aplicados à área aeroespacial, abrangendo as áreas de Eletro-óptica, Supervisão de Bordo, Suprimento de Energia e Telecomunicações. Os cursos de satélites do INPE fornece subsídios para o gerenciamento e/ou o desenvolvimento de subsistemas e de equipamentos de qualificação espacial, assim como para a realização de projetos de desenvolvimento em tecnologia de ponta de interesse das atividades espaciais brasileiras. Na área de Engenharia e Tecnologia Espaciais, esta linha de pesquisa visa o desenvolvimento de plataformas espaciais e de suas cargas úteis, de manutenção e de modernização de infra-estrutura e das vias de implementação de uma política industrial para o setor aeroespacial brasileiro.


Sistemas de Solo para Missões Espaciais:

Esta linha de pesquisa foca-se nos seguintes tópicos: (a) Desenvolvimento do segmento solo de satélites, levantamento de recursos necessários para as missões, especificação de Interfaces do Segmento Solo, especificação dos Sistemas do Segmento Solo e de sua Rede de Comunicação de Dados, Capacitação em Projeto, Gestão e Administração de Redes de Dados para centros de controle e de missão e para estações terrestres; (b) Software Rastreio e Controle de Satélites, projeto, desenvolvimento, testes, validação e integração, Confiabilidade e Qualidade de Software em Sistemas Espaciais, Simuladores de Satélites e (c) Eletrônica de Sistemas de Solo.


Garantias de Missão e de Produto Espaciais:

Esta linha de pesquisa abrange tópicos visando: (a) Organizar, coordenar, controlar e avaliar as atividades de gerenciamento da configuração, confiabilidade, segurança, garantia da qualidade (hardware e software) e de partes (elétricas, eletrônicas, eletro-mecânicas e mecânicas), materiais e processos aplicados aos projetos e cursos espaciais de engenharia do INPE; (b) Elaborar requisitos e planos de garantia do produto, de controle de documentação técnica e de configuração; (c) Gerenciar a documentação técnica e da configuração no âmbito dos projetos e cursos espaciais; (d) Normalizar as técnicas e os procedimentos para preparação e controle de processos, de documentos técnicos e de testes; (e) Qualificar novos processos, partes mecânicas, eletro-mecânicas e eletro-eletrônicas e materiais para projetos e cursos espaciais e (f) Auditar as atividades de garantia do produto.


Modelagem e Simulação de Sistemas Espaciais:

Esta linha de pesquisa abrange tópicos em simulações computacionais visando análise de trade-offs, cenários, viabilidade, projeto, de sistemas e de subsistemas para Engenharia e Gerenciamento de Sistemas Espaciais.