Fale Conosco
:: Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017
A A A







Valid XHTML 1.0 Strict  CSS válido!

CCS

O Centro de Controle de Satélites (CCS) é o cérebro de todo o sistema de operações de controle. Seu funcionamento repousa sobre 2 sistemas de softwares: um de Tempo Real e o outro de Dinâmica Orbital. O software de Tempo Real recebe das Estações Terrenas (ET’s), durante a passagem do satélite sobre as mesmas, os dados tecnológicos (telemetria) de funcionamento dos subsistemas de bordo.

Converte estes dados brutos em grandezas físicas correspondentes, visualiza-os para os usuários e arquiva tanto os dados brutos como os processados para futuro processamento.

Quando programado, o software de Tempo Real, gera os telecomandos necessários e os encaminha para as Estações Terrenas para serem irradiados ao satélite e comanda a execução pelas ET’s das sessões de medida de distância e velocidade que geram os dados necessários para o Software de Dinâmica Orbital. Este último processa off-line os dados de medida de distância e velocidade recebidos das Estações Terrenas e determina os parâmetros de órbita real do satélite e os propaga para o futuro. A partir da órbita propagada, determina os períodos de passagens futuras do satélite em visibilidade de cada uma das ET’s.

O Centro de Controle de Satélites é responsável pelo cronograma de atividades das Estações Terrenas. Otimiza o rastreio de vários satélites pelas ET’s, selecionando qual é o satélite que será operado num determinado período quando houver conflito de passagens de vários satélites sobre a mesma ET.

Faz parte, ainda, das atividades do CCS determinar o cronograma de manobras de satélites para correção de suas órbitas bem como de sua posição no Espaço (manobra de atitude).

Gerencia, ainda, o consumo do propelente a bordo, a marcha do relógio de bordo, bem como a evolução no tempo da tensão das baterias, corrente no barramento, entre outros.